Categories: Novidades
      Date: May  4, 2017
     Title: Da China para o mundo, caqui faz muito sucesso também por aqui
Saiba mais sobre a origem e as propriedades dessa fruta, que tem seu pico de safra no outono.


Delicado e de sabor adocicado, o caqui é uma fruta originária da China, de onde foi levada para a Índia e o Japão e depois acabou ganhando o mundo. Consta que a fruta chegou em São Paulo em 1890, mas foi somente a partir de 1920, quando os imigrantes japoneses vieram para o Brasil, que a cultura do caqui se expandiu no país.

Sua cor - que varia do alaranjado ao avermelhado - indica que a fruta é rica em betacaroteno, que se transforma em vitamina A no organismo e é responsável pela saúde dos olhos, da pele e também da imunidade do organismo. Também é boa fonte de licopeno, uma substância antiinflamatória e anticancerígena que ajuda a prevenir doenças crônicas, além de conter vitamina C, importante no combate aos vírus e bactérias, e minerais como cálcio, ferro, fósforo e potássio.

A colheita do caqui normalmente começa no final de janeiro e costuma ir até agosto, com o pico da safra no outono, entre os meses de março e maio. Na hora da compra, prefira os que estejam mais firmes, sem rachaduras e com a coloração uniforme. Caso o caqui esteja maduro, a recomendação é guardá-lo na geladeira por no máximo cinco dias.

Além de saborear a fruta "in natura" - estado em que são melhor preservadas suas propriedades nutricionais -, dá para usar o caqui para preparar sucos, geleias, compotas, mousses, tortas e até cheesecakes. Pode ainda ser utilizado para preparar molhos ou um delicioso purê. Experimente também cortá-lo em fatias grossas, grelhar rapidamente e depois servir com acompanhamento. Faça suas compras nas bancas de frutas do Mercadão e delicie-se!