Categories: Novidades
      Date: Oct  8, 2017
     Title: Aprenda a fazer um cuscuz tipicamente nordestino
Receita vai bem apenas com manteiga ou então com ovo frito, queijo coalho ou carne de sol.


Sabia que em 8 de outubro comemora-se o dia do nordestino na cidade de São Paulo, onde vive o maior número de nordestinos de todo o Brasil - fora o próprio Nordeste, claro?

A data foi instituída em 2009 como forma também de homenagear o centenário do nascimento do poeta, compositor e cantor cearense Antônio Gonçalves da Silva, mais conhecido como Patativa do Assaré. Trata-se ainda de uma homenagem a Catulo da Paixão Cearense, maranhense de São Luís e autor da famosa música “Luar do Sertão”.

Entre as manifestações culturais mais representativas do Nordeste e que são bastante conhecidas em todo o Brasil estão as festas juninas, a poesia popular, o artesanato, a capoeira e o frevo. 

A culinária - que tem influência das comidas portuguesa, africana e indígena - também é bastante característica, destacando-se o consumo de raízes como macaxeira (mandioca), inhame e batata doce, além do preparo de comidas bem temperadas e apimentadas (como acarajé, vatapá, bobó de camarão e sururu) e comidas feitas à base de milho e coco.

Clique aqui para ver como preparar uma receita bem típica da região: o cuscuz nordestino, que nada tem a ver com o "nosso" cuscuz paulista, como você pode conferir aqui. Servido no café da manhã, almoço ou jantar, o cuscuz nordestino costuma ser consumido só com manteiga por cima ou então acompanhado de ovo frito, queijo coalho ou carne de sol. Hummm...